viernes, enero 27, 2023
HomeREDES5GPlataforma melhora eficiência energética de antenas 5G

Plataforma melhora eficiência energética de antenas 5G

Huawei Hertz associada a antenas FDD 8T8R torna o uso do espectro e de energia mais eficientes.

Leer en español

Portugal teve resultados positivos após a primeira adoção comercial da plataforma Huawei Hertz, ampliando a cobertura e aumentando a taxa de uplink e downlink das antenas FDD 8T8R, além de melhorar a eficiência energética e espectral da antena.

As antenas FDD 8T8R baseadas na plataforma Hertz ofereceram cobertura de downlink 4,9 dB maior do que a FDD 4T4R, a taxa de transferência de uplink e downlink melhorou em 80% e 30% e as taxas de borda de célula de uplink e downlink, em 40% e 60%, aprimorando a eficiência espectral na banda média.

Hertz usa tecnologias inovadoras, como matrizes de ultraprecisão (UPA) para suportar o beamforming – que formam feixes mais precisos – e alimentação por injeção direta de sinal (SDIF). Segundo a Huawei, é o primeiro do setor a oferecer suporte nativo a antenas FDD 8T8R.

A aposta da empresa é que a plataforma impulsione o desenvolvimento do 5G, disse Eric Zhao, presidente da unidade de negócios de antenas da Huawei, a partir do uso mais eficiente de espectro e de energia.

Portugal concluiu o leilão do 5G em outubro do ano passado com seis empresas vencedoras: Dense Air, Dixarobil, MEO, Nos, Nowo e Vodafone. Em dezembro, Nos anunciou ser a primeira operadora a ativar a tecnologia no país.

Agora a rede já está disponível em algumas regiões de todas as capitais de distritos, segundo a Vodafone, e começa a se espalhar pelo restante do território. Uma plataforma que maximize os recursos para o 5G parece ser bem-vinda neste momento.

Mirella Cordeiro
Mirella Cordeiro
Editora, jornalista de temas digitais, de telecomunicações e tecnologia e correspondente da DPL News no Brasil e em português.

LEER DESPUÉS