lunes, septiembre 26, 2022
HomeREDES5GClaro, TIM e Vivo ativarão mais de 300 antenas 5G no Distrito...

Claro, TIM e Vivo ativarão mais de 300 antenas 5G no Distrito Federal

As operadoras poderão ativar o 5G Standalone no 3,5 GHz pela primeira vez nesta quarta-feira, 6.

As operadoras Claro, TIM e Vivo licenciaram 328 Estações Rádio Base (ERBs) 5G no Distrito Federal, que poderão ser ativadas já nesta quarta-feira, 6, segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O mínimo exigido pelo Edital do 5G era de 33 por empresa.

A TIM foi a companhia que mais instalou antenas, com 168, seguida pela Claro, com 82, e pela Vivo, com 78. Será a primeira vez que o 5G Standalone em 3,5 GHz será ativado comercialmente no Brasil.

O Gaispi (Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência na faixa de 3.625 a 3.700 MHz) aprovou em reunião extraordinária nesta segunda-feira, 4, a liberação da faixa de 3,5 GHz na capital federal a partir de quarta-feira.

Pelas indicações da Entidade Administradora da Faixa (Siga Antenado), as próximas cidades que deverão receber o 5G são Belo Horizonte, Porto Alegre e São Paulo.

Testes de 5G

Segundo o conselheiro Moisés Moreira, presidente do Gaispi, a Siga Antenado realizou testes durante o final de semana para garantir a convivência do 5G com serviços fixos por satélite (FSS) e com o tráfego aéreo.

Os testes indicaram possíveis interferências em estações FSS, dependendo da faixa de frequência que ela ocupa. “Recebemos alguns equipamentos que tinham uma frequência de corte mais próxima ao 5G, e os testes da EAF em laboratório revelaram que tem que guardar uma frequência de corte mais apropriada, um pouco mais acima para proteger melhor as estações do FSS”, explicou Alex Pires de Azevedo, coordenador do Grupo de Trabalho Desocupação do Gaispi.

O Gaispi também aprovou a criação de uma Sala de Guerra, que deverá ser virtual, para a Siga Antenado e as operadoras enfrentarem eventuais problemas de interferência.

Mirella Cordeiro
Mirella Cordeiro
Editora, periodista de temas digitales, telecomunicaciones y tecnología y corresponsal de DPL News en Brasil y lengua portuguesa. Editor, jornalista digital, de telecomunicações e tecnologia e correspondente do DPL News no Brasil e em português.

Publicidad

LEER DESPUÉS