martes, enero 31, 2023
HomeDPL NEWSMCTI e Finep investem R$ 15 milhões para transformação digital na Amazônia

MCTI e Finep investem R$ 15 milhões para transformação digital na Amazônia

O Programa Finep/MCTI vai destinar os recursos a projetos de Bioeconomia e de Transformação Digital aplicados à educação, saúde, segurança pública, entre outros temas.

Leer en español

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) vão destinar R$ 30 milhões para empresas da região Norte do país que desenvolverem projetos em Bioeconomia e Transformação Digital. O edital será lançado nesta sexta-feira, 4, e é voltado para organizações de todos os portes.

O Programa Finep/MCTI acontece em duas rodadas: a primeira, com o valor de R$ 15 milhões, teve início nesta semana e recebe propostas com os dois temas até 18 de março. A segunda fase receberá inscrições de 8 a 29 de julho.

“Com o lançamento do Programa Finep/MCTI Amazônia, avançamos na integração do Sistema Nacional de Inovação e na redução de assimetrias regionais. O apoio a projetos nos temas Bioeconomia e Transformação Digital tem a capacidade de promover um crescimento econômico e social sustentável para a população que vive na Amazônia brasileira”, afirma o diretor de Inovação da Finep, Otávio Augusto Burgardt.

Em Bioeconomia, o edital busca projetos que utilizem recursos naturais de forma inovadora e sustentável para criar produtos, processos e serviços nas áreas de saúde humana e animal, agricultura, pecuária, processos industriais, cosméticos, entre outras.

Já em Transformação Digital, serão selecionados projetos de inovação que usem pelo menos uma das Tecnologias Habilitadoras, como Big Data e Analytics, robôs autônomos, Internet das Coisas, realidade aumentada e computação em nuvem. Os produtos devem ser voltados para educação, saúde, saneamento básico, segurança pública e outros temas.

As linhas temáticas foram escolhidas com base em um estudo que identificou as lacunas e os potenciais das empresas da região.

A solenidade de lançamento será nesta sexta-feira, 4, com a presença de Marcos Pontes, ministro do MCTI, e do presidente da Finep, Waldemar Barroso.

Norte em números

Os estados da região Norte – Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins – estão entre os que geram menos riqueza do país. No ano de 2019, Roraima, Acre e Amapá foram os estados com menores valores de produto interno bruto, com R$ 14,2 bilhões, R$ 15,6 bilhões e R$ 17,5 bilhões, respectivamente.

A região também concentra os piores índices de conectividade, junto com o Nordeste. Aproximadamente 55% dos domicílios do Norte tinham conexão por banda larga fixa em 2019, e 88,6% tinham conexão por banda larga móvel no mesmo período.

Mirella Cordeiro
Mirella Cordeiro
Editora, jornalista de temas digitais, de telecomunicações e tecnologia e correspondente da DPL News no Brasil e em português.

LEER DESPUÉS