viernes, enero 27, 2023
HomeBRASIL“A faixa de 6 GHz precisa ser ocupada”, diz presidente da Anatel

“A faixa de 6 GHz precisa ser ocupada”, diz presidente da Anatel

O presidente da Anatel, Carlos Baigorri, pressionou empresas de WiFi 6 para ocupar a faixa de 6 GHz.

Leer en español

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) tem pressa para ocupar a faixa de 6 GHz no Brasil. Durante uma viagem em setembro, o presidente da Anatel, Carlos Baigorri, falou a empresas de roteadores WiFi 6 – como Qualcomm e Cisco – e à Comissão Federal de Comunicações (FCC) dos Estados Unidos que “o país não pode ficar à espera da massificação de aparelhos ao público em geral por tanto tempo”. A notícia saiu primeiro na Folha de S.Paulo e foi confirmada pela DPL News.

A faixa de 6 GHz é alvo de disputa entre a indústria de 5G e do WiFi 6, porque a frequência pode ser utilizada para expandir ambos os serviços. A primeira afirma que o espectro será necessário para o desenvolvimento do 5G no futuro, e a segunda diz que o espectro ajudará a melhorar o acesso à Internet.

Em 2020, a Anatel colocou toda a frequência à disposição para o WiFi 6, mas ainda são poucos os produtos disponíveis no mercado brasileiro. Ou seja, as empresas ainda não estão usando o espectro com eficiência e as operadoras estão impedidas de usá-lo para o 5G. À DPL News, Baigorri disse que “a faixa de 6 GHz precisa ser ocupada”.

No próximo ano, a União Internacional de Telecomunicações (UIT) definirá o padrão mundial da faixa de 6 GHz. Questionado sobre qual seria a posição da Anatel caso a UIT decida destinar o espectro para o 5G ou dividi-lo entre uso licenciado e não licenciado, o presidente da Anatel afirmou que irá “aguardar”.

Mirella Cordeiro
Mirella Cordeiro
Editora, jornalista de temas digitais, de telecomunicações e tecnologia e correspondente da DPL News no Brasil e em português.

LEER DESPUÉS