martes, enero 31, 2023
HomeDPL NEWSClaro lança satélite Star One D2 que dará cobertura a toda América...

Claro lança satélite Star One D2 que dará cobertura a toda América Latina

O satélite vai ampliar a cobertura de banda larga na América Central e do Sul, além de servir para a TV paga.

*Por Mirella Cordeiro y Alejandro González

Leer en español

A Claro Brasil enviou um novo satélite em órbita, o Star One D2, operado pela Embratel. O equipamento que foi lançado nesta sexta-feira, 30, vai aumentar a cobertura da banda larga na América Central e do Sul, além de servir como backhaul de rede móvel no Brasil, TV por assinatura e Internet para clientes corporativos e governamentais.

O Star One D2 está equipado com Bandas C, Ku, Ka e X, o que permitirá expandir a cobertura de banda larga e adicionar uma carga de banda X atualizada para uso governamental na região do Atlântico.

“Esse é o maior satélite que já construímos e iremos, com ele, reforçar ainda mais a nossa liderança de mercado, proporcionando mais recursos para as telecomunicações do Brasil e de toda a América Latina”, afirmou José Formoso, CEO da Embratel, em uma rede social.

“Foram 40 meses de muito trabalho de uma equipe altamente especializada, com muitos engenheiros e astrônomos. Contamos também com o apoio de parceiros internacionais para construção e lançamento do satélite com o melhor foguete”, completou.

As bandas C e Ku complementarão as ofertas de dados, vídeo e Internet de alta velocidade para órgãos do Governo e grandes empresas de toda a América Latina. A banda Ku poderá ser usada para a migração de sinais de TV aberta, que atualmente ocupam a banda C, para cumprir a condição prevista no edital do 5G.A banda Ka atenderá às demandas de backhaul de telefonia celular e complementará a cobertura do Star One D1, ampliando as ofertas de banda larga empresarial. Já a banda X deverá ser utilizada pelo Ministério da Defesa, segundo a Embratel.

O Star One D2, de 6.190 kg e com expectativa de vida de 15 anos, é o terceiro satélite fabricado pela Maxar para a Embratel. Antes deste, a companhia construiu o Star One C4, lançado em julho de 2015, e o Star One D1, enviado ao espaço em dezembro de 2016.

De acordo com Carlos Slim Domit, presidente do grupo América Móvil (AMX), dono da Claro Brasil, o novo equipamento é o sexto ativo na constelação da AMX.

Lançamento

O satélite foi lançado pelo Ariane 5, da Arianespace, um foguete de 50,5 metros de altura, a partir de uma base na Guiana Francesa. O veículo também levou para a órbita da Terra o satélite Eutelsat Quantum, da Eutelsat.

Cerca de 25 minutos após o lançamento, o foguete entrou na órbita da Terra. A primeira separação aconteceu aos 29 minutos, deixando o Star One D2, e, a segunda, foi aos 36 minutos, encerrando a missão.

Mirella Cordeiro
Mirella Cordeiro
Editora, jornalista de temas digitais, de telecomunicações e tecnologia e correspondente da DPL News no Brasil e em português.

LEER DESPUÉS