FWA 5G vai acelerar com CPE abaixo de US$ 100

São Paulo, Brasil.- A Intelbras acredita que o mercado de FWA 5G vai acelerar a partir do final do ano, quando o custo da CPE deve ficar abaixo de US$ 100.

image 147

No Encontro Nacional Abrint 2023, o diretor da unidade de redes da Intelbras, Amilcar Scheffer, falou à DPL News que a aceitação do mercado pelo produto desenvolvido com a Qualcomm tem sido menor do que o esperado. Isso porque os planos B2C ainda não estão disponíveis pelas operadoras, “elas estão desenhando os planos, então hoje o produto está sendo usado mais no B2B”.

As operadoras estão comprando a CPE para empresas como link de redundância. “Uma agência bancária, por exemplo. Se cai o link de fibra, o 5G assume e mantém a agência com funcionamento normal. Essa é uma aplicação secundária, que vai gerar um bom volume, mas a aplicação de maior volume é o B2C”.

Scheffer acrescentou que o maior desafio é o custo da CPE. Atualmente, o aparelho custa pouco mais de US$ 100, e as operadoras querem o produto abaixo desse valor.

Relacionado: FWA precisa ser competitivo com fibra óptica, diz CEO da Claro

O executivo disse que as novas gerações de chipset da Qualcomm vão viabilizar o preço mais competitivo. “A partir do final do ano, teremos soluções bem mais agressivas em custo. Então a gente acredita que a CPE abaixo de US$ 100 vai fazer o mercado acelerar mais”.

E concluiu afirmando que a Intelbras tem mantido conversas com todas as operadoras que estão no mercado 5G, e citou a Brisanet como exemplo.

A Intelbras é responsável por produzir CPEs para FWA 5G no Brasil com as soluções da Qualcomm. O produto foi apresentado em agosto do ano passado.

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.

ACEPTAR
Aviso de cookies