Leilão 5G: ISPs querem 60 MHz, previsão de consórcio e desconto

Tele.síntese – Abnor Gondim

Entidades representativas de pequenos provedores e empresas de tecnologia da informação apresentaram propostas à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para levar fatias no leilão da telefonia móvel 5G, que estava marcado para o primeiro trimestre de 2020. O lançamento do edital foi adiado e ainda está sem previsão devido aos testes realizados previamente pelo órgão regulador que apontaram interferências da nova tecnologia com as antenas parabólicas na faixa de 3,5 GHz.

A Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint) apresentou a proposta do “Lote para Prestadoras de Pequeno Porte” ou “Lote PPP”, bloco de 60 MHz de abrangência regional com 90% do valor de aquisição convertido em compromissos de abrangência. Foi também defendido pela entidade o estabelecimento de ofertas de atacado e de compartilhamento de rede em cidades pequenas, com menos de 50 mil habitantes.

Leer más: http://www.telesintese.com.br/leilao-5g-isps-querem-60-mhz-previsao-de-consorcio-e-desconto/

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.

ACEPTAR
Aviso de cookies