sábado, septiembre 24, 2022
HomeTRANSFORMACIÓN DIGITALFintechBrasil | Huawei apresenta elementos centrais para ganhar competitividade no setor financeiro

Brasil | Huawei apresenta elementos centrais para ganhar competitividade no setor financeiro

Durante a Febraban Tech 2022: Smarter, Greener and Together foram exibidos pelo presidente do EBG da Huawei no Brasil, Wesley Wang.

O presidente do grupo Enterprise da Huawei Brasil, Wesley Wang apresentou a iniciativa Huawei para o setor de finanças: Smarter, Greener and Together sendo os três elementos centrais para ganhar competitividade no setor financeiro com a chegada da era da super digitalização. A apresentação ocorreu nesta quarta-feira, 9, durante a Febraban Tech 2022, em São Paulo, no keynote: “Provedor de infraestrutura líder e robusto na capacidade da jornada digital para o setor financeiro”.

“Com o mundo inteligente totalmente conectado em plena evolução, tanto a economia quanto a sociedade estão se transformando em duas grandes tendências de digitalização e desenvolvimento sustentável. Diante das mudanças nos cenários de serviços financeiros e nos modelos de negócios na era digital, o setor financeiro é atendido por uma demanda crescente de rápida inovação nos negócios e pela experiência final do cliente, o que acelera ainda mais o ritmo de transformação digital”, declarou Wang

Para lidar com a natureza complexa e dimâmica da transformação digital, Wesley Wang afirma que é necessário que o setor financeiro inove sua competitividade central em meio à era digital para obter a tendência das finanças inteligentes. “A tecnologia, especialmente a conexão e a inteligência, continua impulsionando o desenvolvimento do setor financeiro. Em 2022, entramos oficialmente na era ZFLOPS, que se refere ao poder da Inteligência Artificial. Com o desenvolvimento da IA, adotaremos a superpersonalização do cliente. Até 2025, mais de 100 bilhões de conexões físicas levarão os serviços financeiros para ‘coisas conectadas’.”

No futuro, as transações inteligente permitirá a tomada de decisões em todos os lugares. Novos modelos de serviços e produtos surgirão de forma dinâmica. “No entanto, a experiência do usuário de ponta a ponta, o processamento em tempo real de dados massivos e a operação e manutenção (O&M), aliada ao gerenciamento de redes mais complexas e contando com várias nuvens (ambiente multi-cloud) se tornarão desafios para o setor financeiro”, revelou Wang.

Seguindo as grandes tendências de finanças totalmente conectadas, inteligentes e em todos os cenários, a inovação digital é a principal competitividade para o crescimento dos negócios, suportando a resiliência operacional e sustentabilidade, que também se tornou o motor crucial da economia digital global. A experiência digital do usuário final e as inovações de negócios estão acelerando a jornada digital do setor financeiro.

“Para a transformação digital e inteligente das finanças, a Huawei trabalhará com parceiros para enfrentar os desafios futuros e colaborar com o setor financeiro a construir sustentabilidade e infraestrutura autônoma. O poder da computação, do armazenamento e da conectividade serão reformulados para capacitar as instituições financeiras a alcançar serviços de alta eficiência, alta disponibilidade e alto desempenho por meio de colaboração em nuvem, entre domínios e heterogênea”, disse o presidente do grupo Enterprise da Huawei Brasil.

Até o final de 2021, a Huawei atenderá mais de 2 mil instituições financeiras em mais de 60 países e regiões, incluindo 49 dos 100 maiores bancos do mundo. Ao firmar parcerias estratégicas com mais de 80 grandes bancos, seguradoras e empresas de valores mobiliários em todo o mundo, a multinacional se tornou uma parceira estratégica confiável para a transformação digital do setor financeiro.

A Huawei Brasil atende a sociedade brasileira há mais de 24 anos em diferentes setores. São mais de 50 instiuições financeiras no Brasil, incluindo os cinco principais bancos.

*Com assessoria de imprensa.

DPL News
DPL Newshttps://dplnews.com/
Digital Policy & Law es una empresa especializada en el análisis estratégico de las políticas públicas de telecomunicaciones, TIC y economía digital.

Publicidad

LEER DESPUÉS