Regularizar uso de postes pelas teles custaria R$ 20 bilhões

Convergencia Digital – Luís Osvaldo Grossmann

A Anatel terá, até o fim deste setembro, uma proposta para o novo regulamento de uso dos postes, costurado com a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) em mais uma tentativa de resolver a ocupação emergencial de 11 milhões deles instalados nas grandes cidades brasileiras. Nas contas da agência, corrigir essa parcela, cerca de um quarto dos 45 milhões de postes do país, custa R$ 20 bilhões. 

“Apresento uma proposta ao Conselho Diretor da agência até o fim de setembro e ela deverá ir à consulta pública ainda em 2019. Temos uma estimativa de que o custo para organizar a ocupação de todos os postes no país seria algo na ordem de R$ 20 bilhões. É mais de 50% do que todo o setor de telecom investe por ano”, afirmou o superintendente de competição da agência, Abraão Balbino e Silva, em audiência conjunta das comissões de Ciência e Tecnologia, Desenvolvimento Urbano e de Minas e Energia da Câmara dos Deputados.  

Leer más: https://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?UserActiveTemplate=site&infoid=51625&sid=8

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.

ACEPTAR
Aviso de cookies