Brasil | Para Claro, conta digital reduz churn e fideliza cliente de telecom

Tele.Síntese

Atuando no setor financeiro há quatro anos, a Claro enxerga o Claro Pay, o banco digital da operadora, como uma ferramenta para atacar dois importantes indicadores do setor de telecomunicações: o churn (rotatividade de clientes) e o ARPU (receita média por usuário).

De acordo com Maurício Santos, diretor executivo de Serviços Financeiros da Claro e Claro Pay, a empresa está explorando “várias sinergias entre telecom e serviços financeiros”, como canais de vendas, compartilhamento de grandes bases de clientes e jornadas de aquisição de consumidores.

“Para uma telco, a partir do momento em que se tem serviços financeiros atrelados, você reduz o churn, pois o cliente fica mais receoso de sair. E você consegue aumentar o ARPU com base nessa fidelização”, disse o executivo, durante o Digital Money Meeting, evento online realizada pelo Tele.Síntese, nesta segunda-feira, 3. “A empresa ainda consegue oferecer outras vantagens que fazem o cliente ficar, como financiamento de aparelho [celular], crédito e benefícios em serviços de telecom”, acrescentou.
Ler mais…

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.

ACEPTAR
Aviso de cookies