Brasil | Celular concentra 51% das transações

290

Valor – Álvaro Campos, Fernanda Bompan e Sérgio Tauhata

Que a pandemia de covid-19 impulsionou o uso dos canais digitais dos bancos já era visível, mas agora uma pesquisa da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) joga mais luz sobre a força dessa transformação. O mobile banking, que já vinha crescendo há alguns anos, deu um salto e passou a ser o principal canal: chegou a 51% do total de transações em 2020 ante 43% em 2019.

O Brasil tem 198,2 milhões de contas ativas em mobile banking, bem mais que a população adulta, que é de cerca de 162 milhões de pessoas. O crescimento em 2020 foi de 118%. Mesmo desconsiderando o efeito do auxílio emergencial, que gerou a abertura de quase 70 milhões de contas, a expansão ainda seria robusta, de 39%.

Mais informações: https://valor.globo.com/financas/noticia/2021/06/25/celular-concentra-51-das-transacoes.ghtml