lunes, septiembre 26, 2022
HomeTECNOLOGÍABrasil | Aeroporto de Guarulhos adota drones para monitorar e proteger as...

Brasil | Aeroporto de Guarulhos adota drones para monitorar e proteger as operações

Parceria com a Dahua Technology visa a proteção de todo o perímetro, com ações que buscam aumentar a segurança e a proteção do meio ambiente.

O Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, começou a utilizar drones como parte de um Plano de Trabalho de Segurança. A GRU Airport, concessionária que administra o aeroporto, adquiriu dois equipamentos da fabricante Dahua Technology que visam monitorar e proteger o perímetro do aeroporto.

Com o uso dessas aeronaves, é possível identificar e prevenir princípios de incêndios, fiscalizar espécies de animais que vivem no complexo, apoiar as vistorias das pistas de pouso e decolagem, alertar sobre invasões irregulares das áreas e orientar nas decisões de logística e trânsito em casos específicos. As operações seguem as regras de Segurança Operacional e normas da Aviação Civil.

O que são drones?

Também conhecidos como veículos aéreos não tripulados (VANT) ou Sistemas de Aeronaves Remotamente Pilotadas (RPA), os drones foram testados sob a supervisão de técnicos da Dahua Technology e da concessionária. Após os testes, os veículos estão aptos para realizarem inúmeras outras análises preditivas e comportamentais, uma vez que possuem tecnologia de Inteligência Artificial embarcada.

O Plano de Trabalho de Segurança do Aeroporto Internacional de São Paulo (GRU) inclui ainda outras ações e cuidados com a manutenção dos espaços físicos e com o meio ambiente.

De acordo com Admilson Silva, diretor de operações da GRU Airport, a tecnologia será uma ferramenta muito importante para a administração do dia a dia do aeroporto. “A chegada desses drones nos ajudará a identificar possíveis problemas e agir rapidamente para solucioná-los”, explica o executivo.

Tecnologia adotada

Foram adquiridos dois aparelhos com câmera térmica, que possuem dois conjuntos de bateria (8 baterias) e dois conjuntos de hélice reservas. São equipamentos robustos e suportam as inúmeras rajadas de vento que o local recebe constantemente.

O drone pode ser utilizado em condições de chuva e na escuridão. Além disso, as câmeras possuem Zoom Optico de 30X com tecnologia StarLight que permitem que esses equipamentos sejam utilizados mesmo em ambientes com pouca luz, que são capazes de identificar pessoas, animais e objetos à distância.

*Com assessoria de imprensa.

DPL News
DPL Newshttps://dplnews.com/
Digital Policy & Law es una empresa especializada en el análisis estratégico de las políticas públicas de telecomunicaciones, TIC y economía digital.

Publicidad

LEER DESPUÉS