Vivo, Claro e TIM avaliam comprar braço de banda larga da Oi 

A Telefônica, dona da Vivo, está explorando a possibilidade de fazer uma oferta para adquirir a unidade de banda larga de fibra da Oi, a ClientCo. Outras operadoras no mercado como Claro e TIM (América Móvil), também estão avaliando a possibilidade de fazer ofertas, mas as negociações ainda estão em estágio inicial, apurou o jornal Valor Econômico.

A Telefônica já expôs o interesse, mas ainda não abordou oficialmente a Oi. Contudo, já discute a possível oferta com consultores financeiros. Durante coletiva de balanço financeiro da Vivo em novembro, o CEO Christian Gebara, declarou que a empresa está atenta a qualquer oportunidade no setor de fibra. 

Leia também: Justiça prorroga suspensão de ações contra a Oi

A ClientCo fornece serviços de banda larga via fibra óptica para clientes varejistas e empresariais. A venda desta unidade já estava no planejamento da Oi, porém apenas de 40% até 2025, por R$4.8 bilhões (aproximadamente US$976,50 milhões)

Em recuperação judicial e acúmulo de dívidas, a Oi agora reavalia qual será a porcentagem de venda como parte de suas estratégias de reestruturação.

A venda da ClientCo tem atraído o interesse das operadoras concorrentes que já compraram as operações da Oi Móvel em 2020, mas os desafios que um novo proprietário enfrentaria na transição dos clientes para suas próprias redes são fatores que podem impactar a avaliação da unidade. 

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.

ACEPTAR
Aviso de cookies