Siga Antenado instala 2 milhões de kits gratuitos da parabólica digital

 A Siga Antenado, entidade estabelecida pela Anatel, responsável por substituir as parabólicas tradicionais por novas parabólicas digitais em lares de famílias de baixa renda no Brasil, instalou 2 milhões de kits gratuitos em todo o país, dobrando a marca de apenas seis meses antes.

Mais de 1,4 milhão de instalações foram realizadas nas regiões Nordeste e Norte, onde ficam a maior parte dos inscritos no CadÚnico, programa social unificado do Governo Federal. Enquanto cerca de 600 mil das instalações ficaram divididas entre as regiões Sudeste, Centro-Oeste e Sul.

Segundo Leandro Guerra, presidente da Siga Antenado, a entidade amplia a agenda de cidades a serem atendidas mensalmente, atuando em todas as frentes como a comunicação, logística, equipamentos e equipe técnica em mais de 3, 4 mil dos 5.570 municípios brasileiros. Pelo edital o cronograma prevê que todos sejam alcançados até o final de 2025.

Guerra atribui os resultados ao “espírito de startup” da entidade, dizendo que ela se baseia em ferramentas e experiências de grandes empresas para implementar uma política pública com visão de gestão privada.

A substituição das parabólicas tradicionais é necessária devido à utilização da faixa de frequência pela tecnologia 5G, o que pode causar interferência e perda de sinal de TV, devido à proximidade com a banda C. A iniciativa visa garantir melhor qualidade de som e imagem e maior variedade de canais aos beneficiários de programas sociais.

Antecipação do cronograma

A EAF (Entidade Administradora da Faixa – razão social da Siga Antenado) também está adiantando os ajustes nas estações de satélite em mais de dois anos. Ao final de 2023 foi finalizada a liberação de espaço na frequência de 3.700 MHz a 4.200 MHz em 1.482 antenas de Banda C Estendida. 

Além disso, estão instalando filtros para reduzir interferências em 19.200 estações da mesma banda, prevendo a entrega adiantada em 18 meses ao estabelecido no edital do leilão 5G.