Rodrigo Abreu deixará a liderança da Oi ao final de janeiro

Em comunicado ao mercado, a Oi anunciou uma série de mudanças estratégicas.

Com o término do contrato do CEO Rodrigo Modesto de Abreu ao final de janeiro, o próprio executivo e o Conselho de Administração da Oi decidiram, por mútuo acordo, não renová-lo ao cargo para o próximo período. Contudo, ele continuará a apoiar a empresa como membro do Conselho de Administração, “participando ativamente das negociações”, informa o comunicado aos acionistas.

Ao longo de seus dois mandatos, Abreu teve atuação fundamental na transformação da Oi, definindo estrategicamente o foco no negócio de fibra óptica, criando a unidade Oi Soluções, conduzindo processos de venda de ativos e reduzindo os custos operacionais.

A nova liderança será assumida por Mateus Affonso Bandeira, atual membro independente do Conselho de Administração, que traz consigo a experiência executiva de atuação em outras grandes empresas. Atualmente, ele também integra os conselhos da Vibra, Intelbras e Marcopolo.

Leia: Telecall quer se consolidar como uma nova operadora na América Latina

Espera-se que Bandeira siga conduzindo o plano de recuperação judicial na Assembleia Geral de Credores e apoiando a seleção de um novo CEO para implementar o plano a longo prazo.

A Oi agradeceu Rodrigo Abreu por seus quatro anos à frente da empresa, sobretudo durante um período desafiador, e destacou seu papel contínuo no processo de transformação.

A empresa enfatizou ainda seu compromisso com a aprovação de um novo Plano de Recuperação Judicial, a resolução das questões pendentes relacionadas à concessão STFC e a redução de custos operacionais, mantendo um foco estratégico nas operações de fibra óptica e soluções corporativas.

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.

ACEPTAR
Aviso de cookies