Petrobras recebe Pégaso, maior supercomputador da América Latina

A Petrobras recebeu o supercomputador Pégaso, o maior da América Latina e 33º do mundo. Esta é a sétima máquina do tipo que a Atos implementa para a empresa de petróleo.

O Pégaso possui 678 terabytes de memória RAM e rede de 400 Gbps, o que equivale a praticamente ao processamento dos supercomputadores Atlas e Dragão juntos. E sua capacidade de cálculo é de 21 PetaFLOPS, o que corresponde a 150 mil computadores ou 6 milhões de celulares.

“A entrega de um projeto dessas dimensões é sempre um desafio, são mais de 30 toneladas de equipamentos transportados em 32 caminhões. Nos últimos anos, ajudamos a Petrobras com o Dragão, Atlas e Fênix, mas o Pégaso irá ampliar a capacidade de processamento da empresa para 63 PetaFLOPS (pico FP64)”, segundo Luis Casuscelli, diretor de Big Data & Security da Atos para a América do Sul.

Com a máquina, a Petrobras vai gerar imagens da subsuperfície de melhor qualidade, reduzindo riscos geológicos e operacionais, aumentando as chances de descobertas e otimizando a produtividade dos campos de petróleo da empresa.

O Pégaso começou a ser montado em julho deste ano e agora já está em operação. O projeto também contou com a colaboração da NVIDIA e Supermicro, responsáveis por fornecer tecnologia e componentes para o supercomputador.

Transformação digital

A Petrobras possui um plano de transformação digital com foco em construir um grande parque digital submarino. O projeto envolve construir rede de fibra óptica para viabilizar iniciativas como Gêmeos Digitais, monitoramento sísmico permanente e operação e monitoramento remoto das plataformas, por exemplo.

O objetivo é gerar ganhos na eficiência operacional com aumento de produção de óleo e gás e redução de HH (homem-hora) exposta a risco e de TAR (Taxa de Acidentes Registráveis).

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.

ACEPTAR
Aviso de cookies