Oi Recebe US$ 125 milhões em empréstimo emergencial e reforça liquidez

Valor é parcela de 400 milhões de financiamento acordado entre credores

A Oi recebeu a parcela adicional de US$ 125 milhões do empréstimo emergencial obtido junto aos credores da empresa. Essa parcela adicional faz parte do acordo chamado “DIP AHG” (Debtor-in-Possession Agreement) e contribui para a liquidez da companhia.

O valor original do empréstimo, acordado em abril de 2023, era de US$ 275 milhões. Em dezembro, após a Oi buscar refinanciamento com o BTG, os credores concordaram em elevar o financiamento para US$ 400 milhões. A nova parcela de US$ 125 milhões é parte desse montante e a quitação deve ser feita até 15 de dezembro de 2024.

Relacionado: Oi contrata novo executivo que encabeça negócios da Oi Fibra

Os recursos serão usados para satisfazer a necessidade de capital de giro de curto prazo do Grupo Oi e para investimentos necessários para a manutenção de suas atividades. Até o final de janeiro a Oi deve divulgar o segundo plano de Recuperação Judicial, relacionado a uma dívida de R$ 30 bilhões.

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.

ACEPTAR
Aviso de cookies