domingo, octubre 2, 2022
HomeDPL NEWSHuawei firma acordo com Softex para investir US$ 500 mil em startups...

Huawei firma acordo com Softex para investir US$ 500 mil em startups brasileiras

A empresa assinou um MoU com a Softex para selecionar 63 empresas voltadas para Cloud e oferecer apoio.

Leer en español

A Huawei assinou um memorando de entendimento com a Softex (Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro) para investir US$ 500 mil – aproximadamente R$ 2,5 milhões – em 63 startups voltadas para Cloud. A cerimônia de assinatura aconteceu nesta quinta-feira, 22, durante o Huawei Cloud Latam Summit 2022

A ação faz parte do programa mundial Spark, que tem o objetivo de construir um ecossistema de startups sustentável. No caso do Brasil, a Huawei quer impulsionar o surgimento de aplicações Cloud.

Relacionado: Huawei invertirá 100 mdd para impulsar startups en Asia-Pacífico

A Softex pretende abrir uma chamada pública ainda neste ano e vai repassar para a Huawei as 63 startups selecionadas, que devem cobrir cinco verticais: governo, operadoras, educação, fintechs e e-commerce, explicou Atílio Rulli, vice-presidente de Relações Públicas da Huawei América Latina e Caribe.

As três primeiras empresas vão receber US$ 100 mil ao longo de um ano, seja por meio de dinheiro, utilização da infraestrutura da Huawei, entre outros modelos. No total serão investidos US$ 500 mil para as 63 startups.

Esta iniciativa no Brasil é uma das duas na América Latina, a outra está acontecendo no México. Segundo Rulli, o projeto do México acontece em parceria com o Ministério das Relações Exteriores.

Para Ruben Delgado, presidente da Softex, o programa Spark demonstra o comprometimento da Huawei com os jovens, com a tecnologia e com o Brasil.

Mirella Cordeiro
Mirella Cordeiro
Editora, periodista de temas digitales, telecomunicaciones y tecnología y corresponsal de DPL News en Brasil y lengua portuguesa. Editor, jornalista digital, de telecomunicações e tecnologia e correspondente do DPL News no Brasil e em português.

Publicidad

LEER DESPUÉS