domingo, septiembre 25, 2022
HomeREDES5GClaro, TIM e Vivo ativam 5G na faixa de 3,5 GHz em...

Claro, TIM e Vivo ativam 5G na faixa de 3,5 GHz em São Paulo

A cobertura da TIM chega a toda a cidade; Claro e Vivo cobrem mais de 50 bairros.

As operadoras Claro, TIM e Vivo lançaram o 5G na faixa de 3,5 GHz na cidade de São Paulo nesta quinta-feira, 4. Inicialmente, Claro e Vivo concentraram sua cobertura em 52 e 54 bairros, respectivamente, já a TIM ativou o 5G em 850 antenas na cidade, contemplando todos os bairros da capital.

Clientes das três companhias que tiverem smartphone compatível com a nova tecnologia já têm acesso ao 5G, desde que estejam em área de cobertura.

Relacionado: Faixa de 3,5 GHz é liberada para 5G SA em São Paulo

TIM

O CEO da TIM Brasil, Alberto Griselli, explicou que a operadora possui 1.150 antenas ativas na cidade de São Paulo e que ligou o 5G em 850 delas nesta quinta-feira. A expectativa da operadora é chegar a 1.000 antenas 5G ainda em agosto e, nos próximos meses, a 100% das antenas da cidade.

“Significa que estamos cobrindo 100% dos bairros e atingindo 90% da população”, disse Griselli, em coletiva de imprensa. “Caprichamos um pouco mais em São Paulo porque é a maior capital do Brasil e quisemos fortalecer a nossa liderança na cidade, dando à maior capital do Brasil, a maior cobertura 5G do Brasil”, comentou. 

Cerca de 10% do tráfego da operadora de São Paulo é compatível com o 5G, segundo Leonardo Capdeville, CTIO da TIM. “Quando a gente ativa a rede 5G, esses clientes saem do 4G e passam a utilizar o 5G. Com isso a gente consegue uma capacidade no 4G que pode ser utilizada pelos outros clientes”.

A operadora espera que o 5G seja a tecnologia majoritária da sua rede em três anos.

Neste primeiro momento, o padrão tecnológico utilizado pelos clientes será o 5G Non Standalone, “por uma questão técnica”, explicou Paulo Esperandio, CMO da TIM, à DPL News. Mas todas as antenas suportam o 5G SA e é uma questão de tempo – e de investimento – para que todos tenham acesso a este padrão. “Essa não é uma decisão de negócio, é um condicionante técnico.”

Assim como nas outras capitais onde a quinta geração já foi lançada, a TIM oferece o pacote Booster para os clientes do segmento pós-pago, que dá acesso a mais 50 GB de Internet, navegação ilimitada no Twitch, entre outros benefícios. 

Relacionado: Antenas instaladas para 5G SA superam o mínimo exigido: Anatel

Claro

A Claro também ativou sua rede 5G+ (nova marca para o 5G em frequência dedicada) na capital paulista, onde está utilizando as faixas de 3,5 GHz e 2,3 GHz.

A tecnologia está disponível em 52 bairros. “Essa é apenas a fase inicial. A Claro continuará expandindo sua rede de 5G+ e chegará gradativamente a outras áreas de São Paulo e do Brasil”, informou a companhia em comunicado.

A Claro já possui 2,6 milhões de clientes com smartphones compatíveis com a tecnologia em operação e cerca de 70% das vendas de aparelhos suportam o 5G.

Esses clientes deverão experimentar velocidade de 600 Mbps a 800 Mbps, chegando até 1 Gbps, dependendo do tamanho da célula e da quantidade de terminais com uso simultâneo naquele momento.

No mercado corporativo, a Embratel vai passar a disponibilizar a infraestrutura digital necessária para desenvolver o mercado. “A disponibilização do 5G+ abre portas para novas discussões; oportunidades em negócios, serviços, comunicações; acelera a digitalização; além de impulsionar a criação de aplicações que irão fazer diferença na vida das pessoas e tornar o dia a dia mais divertido e produtivo”, avalia José Felix, presidente da Claro.

Confira os 52 bairros atendidos:

Água Branca, Bela Vista, Brooklin Novo, Brooklin Paulista, Butantã, Cerqueira César, Chácara Monte Alegre, Chácara Santo Antônio, Cidade Jardim, Cidade Mãe do Céu, Cidade Monções, Consolação, Higienópolis, Indianópolis, Itaim Bibi, Jardim América, Jardim Ampliação, Jardim Anália Franco, Jardim Caboré, Jardim das Acácias, Jardim dos Estados, Jardim Europa, Jardim Londrina, Jardim Paulista, Jardim Paulistano, Jardim Petrópolis, Moema, Morumbi, Paraíso, Paraíso do Morumbi, Paraisópolis, Parque São Jorge, Pinheiros, Planalto Paulista, Santa Cecília, Santo Amaro, Sumarezinho, Tatuapé, Vila Nova Conceição, Vila Andrade, Vila Carrão, Vila Clementino, Vila Cordeiro, Vila Gomes Cardim, Vila Invernada, Vila Mariana, Vila Nova Conceição, Vila Olímpia, Vila Romana, Vila Suzana, Vila Tramontano e Vila Uberabinha.

Vivo

A Vivo informou que, neste primeiro momento, a cobertura inicial do 5G na faixa de 3,5 GHz contempla 54 bairros e que a empresa já atua para ampliar o sinal para outras regiões. “Essa nova faixa aumenta a potência e a cobertura do 5G da Vivo, que já conta com a rede 5G na frequência de 2,3GHz em outras cidades, incluindo a capital paulista”, explicou a operadora em comunicado.

“A rede 5G traz benefícios imediatos aos consumidores a partir de uma Internet móvel de ultravelocidade, abrindo espaço para as empresas criarem serviços e experiências imersivas, com o uso mais frequente e eficiente de tecnologias de Realidade Virtual e Inteligência Artificial”, afirma o vice-presidente de Marketing e Vendas da Vivo, Márcio Fabbris.

Atualmente, a companhia tem 49 smartphones compatíveis com o 5G em seu portfólio e cerca de três milhões de clientes com esses aparelhos em sua rede. Com a nova tecnologia ativa, espera-se que o download de um arquivo de 1GB ocorra em aproximadamente dez segundos, dependendo do volume de tráfego no momento.

Confira os 54 bairros atendidos:

Aclimação, Bela Vista, Brooklin, Brooklin Novo, Brooklin Paulista, Butantã, Campo Belo, Centro, Cerqueira César, Chácara Itaim, Chácara Santo Antônio (zona sul), Cidade Dutra, Cidade Jardim, Cidade Monções, Consolação, Higienópolis, Ibirapuera, Indianópolis, Itaim Bibi, Jardim América, Jardim das Acácias, Jardim Europa, Jardim Everest, Jardim Paulista, Jardim Paulistano, Liberdade, Mirandópolis, Moema, Morro dos Ingleses, Morumbi, Paraíso, Perdizes, Pinheiros, Real Parque, República, Santa Cecília, Santa Efigênia, Sé, Sumaré, Sumarezinho, Vila Anglo Brasileira, Vila Buarque, Vila Clementino, Vila Congonhas, Vila Cordeiro, Vila Gertrudes, Vila Madalena, Vila Mariana, Vila Nova Conceição, Vila Olímpia, Vila Represa, Vila São Francisco, Vila Tramontano e Vila Uberabinha.

Mirella Cordeiro
Mirella Cordeiro
Editora, periodista de temas digitales, telecomunicaciones y tecnología y corresponsal de DPL News en Brasil y lengua portuguesa. Editor, jornalista digital, de telecomunicações e tecnologia e correspondente do DPL News no Brasil e em português.

Publicidad

LEER DESPUÉS