Claro inaugura mais quatro usinas solares da GreenYellow

Leer en español

A Claro ampliou recentemente seu parque de usinas solares com mais quatro unidades construídas pela GreenYellow. As instalações estão localizadas nas cidades de Florestópolis e Andirá, no Paraná, e Barbosa e Penápolis, em São Paulo.

Os 25 MWp produzidos pelas usinas representam o equivalente a quase 80 mil painéis solares, capazes de abastecer mais de 22 mil casas por um ano.

Em 2020, a GreenYellow inaugurou outras quatro unidades dedicadas à Claro em Padre Bernardo (GO), Goianésia (GO), São José do Belmonte (PE) e São João do Piauí (PI). Juntos, os projetos têm 19,26 MWp de potência instalada.

Todas as unidades abastecem 20 mil estruturas da empresa, como antenas, redes e lojas. Na região centro-oeste, por exemplo, o consumo de energia de toda a operação de telecomunicações é renovável, obtida por geração própria e contratos de compra no Mercado Livre de Energia.

As obras fazem parte do programa “A Energia da Claro”, lançado em 2017, cujo objetivo é priorizar o uso de fontes renováveis e ações de proteção ao meio ambiente em todas as operações e instalações da empresa.

Com mais de 52 usinas próprias, a operadora garante que este é o maior projeto de Geração Distribuída do Brasil, gerando energia limpa suficiente para o consumo de 240 mill residências no total.

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.

ACEPTAR
Aviso de cookies