Claro e Embratel lançam solução de análise de dados para empresas

Leer en español

A Claro e a Embratel lançaram uma plataforma de informações estatísticas que pode ajudar diversas empresas a criarem novos produtos e serviços, o Claro GeoData. A plataforma reúne e analisa eventos dos celulares gerados e coletados pelas antenas da operadora.

Segundo a Claro, a novidade usa Machine Learning e fornece dados sobre o fluxo e deslocamento de pessoas com assertividade superior a 95%. Uma das aplicações, por exemplo, é fazer uma análise de turismo em uma cidade sobre um feriado que aconteceu há poucos dias. “A abrangência das análises é diária e nacional”, diz o comunicado divulgado pelas empresas.

Relacionado: Claro, Embratel e Ericsson se unem à USP por soluções 5G em smart cities e IoT

O Claro GeoData usa dados anônimos e agrupados obtidos por eventos gerados pelos celulares na rede de telefonia móvel da Claro. A operadora diz que o novo serviço está de acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), pois os dados são estatísticos e não identificáveis.

Temos uma ampla base de dados, que nos permite fornecer análises relevantes e assertivas sobre origem destino, deslocamentos e dados sociodemográficos. Com isso, preenchemos este gap operacional das empresas. O Claro GeoData transforma dados em informações de valor. Entregamos relatórios estatísticos de forma intuitiva, para que o decisor tenha a solução na palma da mão”, afirmou Carlos Araujo, diretor de Novos Negócios da Claro.

Essa é outra forma de monetizar o serviço que a Claro já oferece para outros clientes – no caso, de telefonia móvel –, ao mesmo tempo que oferece uma solução para melhorar os resultados de outros negócios.

Dados disponíveis

O Claro GeoData está disponível em três modalidades: turismo, mobilidade e localização.

No turismo, as informações disponibilizadas são de fluxo de turistas nacionais e internacionais em um município ou região, duração média de estadias, origem dos turistas, perfil sociodemográfico e os dias mais frequentados.

O Claro GeoData Mobilidade fornece uma matriz origem-destino feita com a análise da quantidade de deslocamentos entre regiões, além de oferecer informações sobre o motivo da viagem, perfil sociodemográfico dos viajantes e horários de partida e chegada.

Já a modalidade de localização mostra quantas pessoas passam perto de uma loja, por exemplo, possibilitando insights estatísticos de perfil sociodemográfico predominante, horário de pico movimentado e zona de influência.

Tomaz Oliveira, diretor-executivo de Alianças Estratégicas da Embratel, explica que, com essas informações, as empresas e o Poder Público podem compreender melhor o comportamento do seu público para gerar “novos produtos, ações e serviços mais interessantes, além de ter um melhor suporte no processo decisório de operações”.

A Embratel é responsável por comercializar o Claro GeoData para o mercado empresarial.

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.

ACEPTAR
Aviso de cookies