miércoles, agosto 10, 2022
HomeDPL NEWSCidades brasileiras vão receber postes de luz com antenas 5G

Cidades brasileiras vão receber postes de luz com antenas 5G

A Nokia e a Juganu criaram luminárias exclusivas para o projeto do MCom e da ABDI, que visa ampliar a conectividade do Brasil.

Leer en español

Um projeto entre o Ministério das Comunicações (MCom) e a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) vai implementar redes 5G em cinco municípios brasileiros por meio de luminárias inteligentes

A princípio, cinco cidades receberão os equipamentos com antenas 5G: Curitiba (Paraná), Ceará-Mirim (Rio Grande do Norte), Petrolina (Pernambuco), Araguaína (Tocantins) e Jaraguá do Sul (Santa Catarina). Nesta primeira fase, o Conecta 5G terá duração de 36 meses e R$ 10,3 milhões em recursos, sendo R$ 10 milhões da ABDI e o restante de contrapartida.

Segundo Fábio Faria, ministro das Comunicações, o projeto possibilitará que os municípios que só iam receber o 5G em 2026, 2027 ou 2028 se antecipem e adquiram os postes inteligentes. “Com o 5G, a gente vai começar a ver coisas que a gente só via em filmes. A gente vai ter oportunidade de preparar nossas crianças e nossos jovens para esse mundo novo”, disse o ministro na cerimônia de lançamento em Natal, no Rio Grande do Norte.

“A luminária pode, além de iluminar, trazer uma melhor segurança pública para os municípios e trazer uma melhor conectividade às pessoas e às empresas”, afirmou Igor Calvet, presidente da ABDI.

Conecta 5G

Os equipamentos que serão implantados contêm câmeras de vigilância e uma antena 5G embutida, resolvendo a questão do elevado número de antenas que a quinta geração exige. Os testes serão realizados nas faixas de 3,7 GHz; 3,8 GHz; 27,5 GHz; e de 27,9 GHz.

Uma das vantagens é que a iluminação pública é municipal e, com isso, as cidades poderão comprar os postes e alugar as antenas embutidas para as operadoras de telecomunicações, gerando receita.

A luminária foi desenvolvida pelas empresas Nokia e Juganu para ser testada neste projeto e utiliza a tecnologia de chipset da empresa Qualcomm. O programa Conecta 5G ainda envolve um convênio entre a ABDI e o Parque Tecnológico de São José dos Campos.

Mirella Cordeiro
Mirella Cordeiro
Editora, periodista de temas digitales, telecomunicaciones y tecnología y corresponsal de DPL News en Brasil y lengua portuguesa. Editor, jornalista digital, de telecomunicações e tecnologia e correspondente do DPL News no Brasil e em português.

Publicidad

LEER DESPUÉS