Campinas lança iniciativa para desenvolver ecossistema 5G

Leer en español

A cidade de Campinas, no interior de São Paulo, lançou o movimento Open 5G Campinas nesta quarta-feira, 8, com o objetivo de desenvolver o ecossistema 5G na região. A iniciativa conta com a parceria da TIM, CPQD, Embrapa, Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), PUC-Campinas e a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP).

A proposta é criar soluções e refinar aplicações e modelos de negócios relacionados ao 5G que sejam voltados para educação, saúde, indústria, cidades e agronegócio, envolvendo as tecnologias de Open RAN, Slicing, orquestração e automação, Inteligência Artificial e Machine Learning, Open Core, Edge Computing e Open Source.

“Os parceiros do Open 5G Campinas irão colocar à disposição de outros interessados em aderir a esse movimento a infraestrutura de laboratórios e de rede já disponível, que vem sendo utilizada em projetos em andamento, por exemplo, com recursos do Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações, do Ministério das Comunicações, e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações”, afirma o presidente do CPQD Sebastião Sahão Júnior.

O movimento vai abranger toda a região metropolitana de Campinas.

Relacionado: Brasil delinea programa para impulsar desarrollo de Open RAN

No lançamento do movimento, o grupo assinou o Manifesto pela Inovação Aberta com 5G, o qual afirma que a cidade possui “estrutura e capacidade instalada que a habilita para ser referência em tecnologia e empreendedorismo no Brasil e no mundo, uma vez que é sede de vários centros de pesquisa, desenvolvimento e inovação, abriga diversas empresas de alta tecnologia e universidades renomadas, responsáveis pela formação de talentos e centenas de startups.”

O documento também cita o objetivo de criar um ambiente e uma rotina de colaboração entre as empresas, startups e instituições de ensino, por meio de ações voltadas à Inovação Aberta. “É assim que trazemos o Open 5G @ Campinas, uma iniciativa colaborativa para pesquisa, desenvolvimento, experimentação e inovação em tecnologias e aplicações de 5G.”

O grupo ainda está aberto para receber novos parceiros, como fornecedores de dispositivos, equipamentos e softwares, entre outros, para realizar experimentos, compartilhar experiências e atrair investimentos.

5G

Sendo uma tecnologia revolucionária, o 5G tem o potencial de desenvolver e melhorar a competitividade de diversos setores da economia, como o agronegócio e a indústria. O que ainda falta para o mercado é o desenvolvimento de mais casos de uso e modelos de negócios, a fim de aproveitar todas as possibilidades do 5G.

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.

ACEPTAR
Aviso de cookies