martes, noviembre 29, 2022
HomeTRANSFORMACIÓN DIGITALCiberseguridadBrasil | Vítimas do cibercrime dividem lições

Brasil | Vítimas do cibercrime dividem lições

Como a Atento e o Hospital Sírio-Libanês enfrentaram ataques cibernéticos em 2021.

Valor – Daniela Braun

Vítimas de ataques cibernéticos na pandemia, a empresa de call center Atento Brasil e o Hospital Sírio-Libanês dificilmente apagarão da memória os domingos de 17 de outubro de 2021 e 4 de julho de 2020. “Meu celular tocou às 5h da manhã; achei que era o despertador, mas era o diretor de tecnologia informando que estávamos com um problema grave de conectividade em 20% dos sites [unidades de data centers]”, lembra Dimitrius Oliveira, presidente da Atento Brasil, em entrevista exclusiva ao Valor.

Com a suspeita de cibercrime, depois confirmada como um ataque de sequestro de dados (ransomware), o executivo tomou a decisão de seguir o protocolo e desconectar a companhia. “A gente isolou toda a empresa do mundo externo e dela mesma para interromper o ataque, em 15 minutos”, lembra Oliveira. “Já passei por muitos momentos difíceis na minha vida profissional, mas nunca vi uma companhia parar 100%. É algo duríssimo.”

O isolamento da rede também foi adotado por Ailton Brandão, diretor de tecnologia do Hospital Sírio-Libanês, ao identificar que a instituição perdera o acesso a um servidor. “Foi uma primeira medida básica, mas não indolor”, recorda-se. À época, a instituição passava pela primeira onda do combate à pandemia.

Leia mais: https://valor.globo.com/empresas/noticia/2022/01/06/vitimas-do-cibercrime-dividem-licoes.ghtml

DPL News
DPL Newshttps://dplnews.com/
Digital Policy & Law es una empresa especializada en el análisis estratégico de las políticas públicas de telecomunicaciones, TIC y economía digital.

Publicidad

LEER DESPUÉS