domingo, agosto 7, 2022
HomeNEGOCIOSBrasil | Parabólica abre filão em mercado de satélite

Brasil | Parabólica abre filão em mercado de satélite

Com chegada de 5G, 30 operadores disputam oferta de banda Ku às emissoras de TV aberta.

Valor – Ivone Santana

As antenas parabólicas de todos os domicílios no país deixarão de pegar carona no sinal que leva programação de televisão aberta e gratuita das emissoras para as suas redes de afiliadas. As parabólicas ganharão um serviço próprio a partir de 2022. Com isso, começa um movimento de competição entre cerca de meia dúzia de operadores de satélite nacionais e estrangeiros, de olho no novo filão de mercado.

Antes do sinal de TV chegar às residências com parabólicas – sistema conhecido pela sigla em inglês TVRO – precisa viajar por satélite. Globo, SBT, Record, Bandeirantes, além de outras emissoras e canais segmentados enviam suas programações a um satélite contratado, que agrupa todas essas emissoras na faixa de frequência da banda C. A partir do espaço, as emissoras distribuem o sinal às suas redes terrestres, que o colocam no ar para chegar às casas.

Em áreas remotas ou onde o sinal terrestre não chega, as parabólicas captam esse sinal do satélite, que não é codificado. Mas isso vai mudar.

Leia mais: https://valor.globo.com/empresas/noticia/2021/12/30/parabolica-abre-filao-em-mercado-de-satelite.ghtml

DPL News
DPL Newshttps://dplnews.com/
Digital Policy & Law es una empresa especializada en el análisis estratégico de las políticas públicas de telecomunicaciones, TIC y economía digital.

Publicidad

LEER DESPUÉS