miércoles, mayo 25, 2022
HomeTECNOLOGÍABrasil | MCom abre consulta pública para criação de organismos certificadores de...

Brasil | MCom abre consulta pública para criação de organismos certificadores de radiodifusão

Projeto-piloto avaliará efetividade e eficiência da solução na otimização do trâmite de processos dos serviços

ASCOM

O Ministério das Comunicações (MCom) abriu, nesta sexta-feira (24), consulta pública visando receber sugestões para elaboração da Portaria que trata dos Organismos Certificadores de Radiodifusão (OCR). Os detalhes estão no Aviso de Consulta Pública nº 1/2021, publicado no Diário Oficial da União. A implementação desses organismos tem o objetivo de otimizar os procedimentos de análise e permitir uma tramitação mais ágil dos processos administrativos de radiodifusão.

A criação dos OCR é uma iniciativa proposta pela Secretaria de Radiodifusão do MCom ao identificar, no estoque processual, muitas petições em desacordo com as normas regulamentares. Para o secretário de Radiodifusão, Maximiliano Martinhão, “a necessidade de uniformizar e ordenar a tramitação administrativa dos diversos processos é premente e fundamental para garantir a boa ordem dos serviços públicos”.

Um projeto-piloto será escolhido pela Secretaria de Radiodifusão do MCom, que estabelecerá todos os requisitos técnicos de qualificação necessários para que uma entidade seja autorizada a se tornar um OCR para a atividade escolhida. Espera-se que o projeto piloto tenha duração de até 2 anos, de modo a permitir o levantamento de dados estatísticos suficientes para sua avaliação. A implantação da iniciativa deverá ser realizada de forma gradual e por tipo atividade

As sugestões devem ser encaminhadas no prazo de 45 dias a contar da data de publicação do Aviso de Consulta Pública, mediante a plataforma Participa + Brasil.

DPL News
DPL Newshttps://dplnews.com/
Digital Policy & Law es una empresa especializada en el análisis estratégico de las políticas públicas de telecomunicaciones, TIC y economía digital.

Publicidad

LEER DESPUÉS