Brasil | Fraudes: maior parte acontece em contas de pessoas jurídicas e no PIX

Abranet

O Censo de Fraudes do Asaas identificou que, apesar da maioria das transações fraudulentas terem sido realizadas por contas de pessoas jurídicas (61%) com ticket médio elevado, uma grande parte de contas fraudulentas vieram de pessoas físicas (38%). Isso significa que os criminosos têm utilizado contas físicas devido a facilidade em utilizá-las como contas laranjas, destacou a instituição financeira e conta digital ao divulgar os dados da pesquisa. 

O levantamento avaliou cerca de 141 milhões de transações, totalizando uma movimentação de mais de R$ 21 bilhões. Entre os dados relevados, identificou que embora as pessoas ainda achem o cartão de crédito muitas vezes menos seguro, as fraudes no PIX ainda lideram o ranking com mais fraudes nos pagamentos, seguido do cartão de crédito e boleto. 

Ler mais…

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.

ACEPTAR
Aviso de cookies