Brasil | Decreto que anula autorização para Serpro vender dados pessoais avança na Câmara

Convergência Digital

A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Decreto Legislativo 960/18, da deputada Bruna Furlan (PSDB-SP), que anula duas portarias do Poder Executivo que permitem ao Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) vender a terceiros dados e informações sob sua gestão. O Serpro é uma empresa pública vinculada ao Ministério da Economia.

Mais informações: https://www.convergenciadigital.com.br/Governo/Decreto-que-anula-autorizacao-para-Serpro-vender-dados-pessoais-avanca-na-Camara-62188.html

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.

ACEPTAR
Aviso de cookies