Brasil | ANPD adverte governo do Distrito Federal por dados vazados de estudantes

Convergência Digital

A Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) publicou nesta segunda a aplicação de quatro advertências à Secretaria de Educação do Distrito Federal, por conta de uma falha de segurança que permitiu acesso a dados pessoais de 1 milhão de estudantes da rede pública em 2021. 

A falha, no sistema I-Educar, permitia acesso simples a nome, data de nascimento, CPF, registro de inscrição, sexo, endereço, escolaridade e se o aluno tinha alguma deficiência.

O desenho do sistema era falho uma vez que adotava URLs com o número do registro de cada aluno (internet.php?cod_candidato=0000001, por exemplo), dando acesso a todas as informações apenas com a alteração desse número.

Ler mais…

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.

ACEPTAR
Aviso de cookies