Brasil | Americanas: TICs, eletrônicos e Internet ficam com rombo de R$ 2,2 bilhões

Convergência Digital – Luís Osvaldo Grossmann e Ana Paula Lobo

Com dívidas de R$ 43 bilhões, a crise das Lojas Americanas acertou em cheio bancos públicos e privados, mas se distribui por 7.967 credores, conforme as listas publicadas pela empresa nesta quarta-feira, 25/1, por exigência da Recuperação Judicial. E o mercado de Tecnologia da Informação e Telecomunicações foi bastante atingido, uma vez que figuram nessa lista empresas de telecomunicações, serviços de internet, cloud computing, eletrônicos em geral e celulares em especial: são dívidas que ultrapassam R$ 2,2 bilhões 

Entre os fornecedores, chama a atenção a dívida de R$ 1,2 bilhão somente com a Samsung, muito próxima dos montantes devidos aos bancos. Ou com a Motorola Mobility, segunda maior fabricante de celulares no Brasil, R$ 160,8 milhões. A relação de fabricantes inclui empresas como a Philco (dívidas de R$ 197,3 milhões), Sony (R$ 55,8 milhões) ou LG (R$ 52,8 milhões). Os fabricantes de PCs também foram bastante atingidos: grupo Positivo (R$ 56,2 milhões), Dell (R$ 36,8 milhões) ou Lenovo (R$ 31 milhões).

Mais informações: https://www.convergenciadigital.com.br/Negocios/Americanas%3A-TICs%2C-eletronicos-e-Internet-ficam-com-rombo-de-R%24-2%2C2-bilhoes-62363.html

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.

ACEPTAR
Aviso de cookies