sábado, noviembre 26, 2022
HomeREDES5G5G será a chave para o crescimento e a digitalização industrial: Huawei

5G será a chave para o crescimento e a digitalização industrial: Huawei

-

Leer en español

Tradução: Mirella Cordeiro

O desenvolvimento e implantação do 5G será um fator chave na digitalização das indústrias, um motor de crescimento para a indústria móvel, bem como uma tecnologia relevante para superar os desafios globais, disse Ken Hu, diretor rotativo da Huawei, durante o Fórum Global de Banda Larga, realizado na Tailândia.

Ele destacou que o 5G é a tecnologia que mais cresce entre todas as outras, pois em apenas três anos já existem 230 redes 5G no mundo.

A introdução do 5G também implica mudanças nos hábitos dos consumidores, como uma maior demanda por vídeo HD que já representa cerca de 60% de todo o tráfego 5G, além de novos aplicativos como live shopping, livestreaming e Cloud, além do crescimento de ARPU e receita das operadoras.

Hu também destacou o avanço do 5G no segmento empresarial, com aplicações interessantes nos setores de petróleo e gás, mineração, manufatura e transporte, “que não é apenas inovador, pois também está gerando valor comercial real para as operadoras” e será o novo motor de crescimento da indústria.

Na China, o 5G registra um crescimento significativo, onde somente em 2021, as operadoras registraram US$ 500 milhões em conectividade 5GtoB (5G para negócios), enquanto as receitas aumentaram 10 vezes para dados e serviços integrados TIC.

Recomendamos: Siete claves para comprender la evolución a 5.5G de Huawei

O diretor indicou que, após 10 anos de pesquisa, o 5G também está crescendo no setor de consumo, onde mais de 1,3 bilhão de telefones 5G foram enviados. Explicou que ainda existe uma importante oportunidade de crescimento, pois enquanto para algumas operadoras o tráfego 5G já ultrapassa os 50%, em muitas outras é pouco próximo dos 20%.

Em relação a novas oportunidades de negócios, Hu indicou que as operadoras podem agora introduzir novos modelos de receita baseados na experiência, por meio de pacotes premium que oferecem maior velocidade ou menor latência. Esses modelos já contam com as primeiras histórias de sucesso na Europa e na Coreia do Sul.

“No mercado corporativo, o 5G é um habilitador chave da transformação digital” ao oferecer características ideais em cenários para redes elétricas e transporte inteligente, uma maior confiabilidade para mineração e manufatura, ou maiores velocidades de carregamento para inspeção por vídeo e controles remotos.

“Para aproveitar essas oportunidades, é preciso manter o crescimento das redes e melhorar a experiência do usuário. Atualmente, o 5G cobre apenas 30% da população mundial e as redes precisam ser otimizadas para diferentes experiências e diferentes tipos de usuários”, disse Hu.

Durante sua fala, Hu também apresentou o 5.5G que funcionaria sob quatro características propostas pela Huawei: download de 10 Gbps, uplink de 1 Gbps e 100 bilhões de conexões e inteligência nativa, para os quais são necessários padrões, preparar o espectro e expandir o ecossistema.

“O 5G está se desenvolvendo rapidamente e há muito potencial, há muitos desafios. Estou confiante de que, se trabalharmos juntos, podemos fazer um grande progresso”, disse Hu na apresentação introdutória.

Efrén Páez Jiménez
Efrén Páez Jiménez
Efrén Páez Jiménez es economista
- Advertisment -

Publicidad